BNDES estuda ampliar ProCopa Turismo


(Gazeta do Povo) – 17/11/10

Programa foi lançado em janeiro de 2010 com orçamento inicial de R$ 1 bilhão

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já cogita aumentar o orçamento da linha especial de crédito para a construção e reforma de hotéis nas cidades brasileiras que serão sede da Copa de 2014. O programa ProCopa Turismo foi lançado em janeiro de 2010 com orçamento inicial de R$ 1 bilhão.

Segundo o diretor de Inclusão Social do BNDES, Élvio Gaspar, entre 30% e 40% da dotação já foi comprometida com projetos, mas a procura está aumentando e o volume envolvido nos pedidos de consulta já se aproxima do orçamento total. “A carteira já está perto do limite, mas, nesse momento ainda não é problema”, disse Gaspar, confirmando que a linha pode ser ampliada no ano que vem. Ele não deu cifras, mas considerou possível uma nova linha de R$ 1 bilhão.

O BNDES espera o aumento da procura por financiamento de hotéis a partir do ano que vem, já que nesse primeiro ano prevaleceram os pedidos de projetos para o Rio de Janeiro. Entre os créditos já aprovados estão R$ 146,5 milhões para a reforma do Hotel Glória, no Rio, do grupo EBX, do empresário Eike Batista. O banco também financiará R$ 11,6 milhões das obras de um hotel da rede Ibis em Copacabana, que ocupará um prédio de oito andares e 122 quartos.

“Queremos que os operadores venham logo. Não estavam vindo ainda porque o hotel tem um prazo de maturação menor. Estão jogando para ficar mais perto de 2013”, diz Gaspar. “A hotelaria em cidades como Fortaleza está crescendo. Em Belo Horizonte, já há uma falta de hotéis hoje.”

Segundo operadores do setor de hotelaria no Rio, a rede carioca Windsor, que tem planos de erguer um novo hotel na Barra da Tijuca e finaliza o retrofit do antigo Le Méridien, em Copacabana, já fez consultas ao BNDES. As redes Hyatt e Accor também tem planos de investir no Brasil com crédito do BNDES.

O banco estatal é também o principal financiador da construção e reforma de arenas para a Copa de 2014. Até agora, o banco já aprovou cinco projetos, que totalizam R$ 1,8 bilhão. Entre eles está a reforma do Maracanã, no Rio de Janeiro, que deve sediar a final da Copa. A reforma do estádio foi orçada em pouco mais de R$ 700 milhões, dos quais R$ 400 milhões saem do BNDES.

Anúncios

Um comentário sobre “BNDES estuda ampliar ProCopa Turismo

  1. Pingback: Tweets that mention BNDES estuda ampliar ProCopa Turismo « Mercado Imobiliário -- Topsy.com

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s