Secovi aponta queda em SP, mas balanços melhoram


(Valor Econômico) – 18/05/11

O Secovi divulgou ontem que as vendas de imóveis residenciais novos na cidade de São Paulo caíram 16,2% em março, na comparação com fevereiro. Em relação a março de 2010, a queda foi de 61,8%. De acordo com a entidade, foram vendidas 1.566 unidades na capital paulista em março.

No mês, a velocidade de vendas (unidades vendidas em relação à oferta) ficou em 11,5% na cidade de São Paulo, contra 13,2% em fevereiro e 28,2% em março do ano passado. O Carnaval em março é apontado – pelas companhias – como um dos fatores que contribuíram para o atraso nos lançamentos e, consequentemente, nas vendas de imóveis novos.

Embora os números no maior mercado do Brasil apontem desaceleração do setor, os balanços das companhias abertas no primeiro trimestre aponta crescimento dos principais indicadores em relação ao ano passado.

Segundo levantamento feito pelo Valor, a soma da receita líquida das companhias subiu 41,08% na comparação entre os primeiros três meses de 2010 e 2011, de R$ 5,4 bilhões para R$ 7,6 bilhões. O lucro operacional subiu 27% na mesma comparação e o lucro líquido teve aumento de 16,03%.

Ainda longe da fase de maturação e no meio de um ciclo de crescimento – inclusive apontado nas projeções para 2011 – é natural que haja uma evolução dos números na comparação de um ano para outro. No entanto, há alguns sinais de desaceleração do mercado.

O programa Minha Casa, Minha Vida, por exemplo, deixou de ser foco de muitas companhias no primeiro trimestre deste ano. Sem uma definição do novo teto dos preços dos imóveis até o fim do ano passado, muitas empresas preferiram concentrar seus lançamentos na média renda. De forma geral, o segmento econômico mostrou-se muito mais desafiador do que parecia, a princípio, para várias empresas que não atuavam no segmento.

Os analistas ressaltam que há diferenças importantes entre as companhias do setor. “A dificuldade de operação é geral, mas há empresas que tem conseguido se destacar”, afirma Leonardo Zambolin, analista do Goldman Sachs.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s