Descontos em vendas de imóveis atingem maior nível desde 2013


(G1) – 19/05/16

O desconto médio recebido por pessoas que compraram imóveis nos últimos 12 meses foi de 9,3%, de acordo com a pesquisa trimestral FipeZap sobre a demanda por imóveis. É o maior desconto médio desde o início do levantamento, em 2013. O percentual de compras realizadas com descontos também atingiu o maior nível desde 2013. De acordo com a pesquisa, 76,6% das pessoas que compraram imóveis nos últimos 12 meses receberam desconto do valor.

Os descontos na compra de imóveis vêm crescendo acima da média para o período (7,3%) desde 2015. O primeiro mês que o percentual médio de descontos ficou acima deste patamar foi em julho de 2015, com 7,4%.

A proporção de pessoas que recebem descontos ao comprar imóveis também vem crescendo com mais força desde 2015. No primeiro mês daquele ano, 70,8% das pessoas que compraram imóveis receberam desconto – taxa próxima à do início da pesquisa, em 2013, de 71,6%. O aumento do percentual então ganhou força e fechou 2015 aos 75,8%. Em março de 2016, apenas 23,4% das compras reportadas nos 12 meses anteriores foram realizadas pelo preço originalmente pedido pelo vendedor.

A pesquisa aponta ainda que houve aumento na proporção de pessoas que pretendem comprar um imóvel nos próximos 3 meses, de 43% no último trimestre de 2015 para 46% no primeiro de 2016. Na comparação anual, no entanto, houve queda. No primeiro trimestre de 2015, o percentual era de 48%.

De acordo com a pesquisa, 58% dos imóveis comprados nos últimos 12 meses foram usados, contra 42% de novos.
Entre as pessoas que pretendem comprar nos próximos 3 meses, apenas 13% fazem questão de uma casa ou apartamento novo. Enquanto isso, 33% querem comprar uma casa ou apartamento usado.

A maioria, 54%, afirma que não tem preferência, ou seja, aceita comprar tanto um imóvel novo quanto usado.

Entre as pessoas que compraram imóveis nos últimos 12 meses, 46% tinham o objetivo de morar sozinho. Apenas 10% pretendiam morar com alguém, e 6% estavam comprando a casa ou apartamento para outra pessoa morar.

Com isso, a proporção de investidores no mercado imobiliário é de 38%, sendo que 22% dos compradores pretendiam alugar o imóvel e 16%, revender. O número representa queda tanto na comparação mensal quanto na anual. Em fevereiro, 40% dos compradores de imóveis queriam investir. Em março de 2015, a proporção era de 42%.

Para donos de imóveis, a rentabilidade do aluguel em abril foi de 4,6%.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s