Empresa investe no estilo de vida compartilhado para edifícios residenciais em Londres


Adamy Empreendimentos

Depois do sucesso do co-working agora é a vez do co-living. Londres está no meio de uma crise habitacional com aluguéis altíssimos, o que torna os apartamentos no centro da cidade muito caros para jovens profissionais. Para fornecer uma solução, a startup The Collective está lançando seu empreendimento imobiliário Old Oak em maio de 2016. O edifício segue o estilo de vida compartilhada num prédio de escritórios abandonado que será convertido numa enorme experiência de co-living.

Os moradores viverão numa kitchenette com quarto privado e casa de A banho, mas terão acesso a 1.115 metros quadrados de espaço de vida partilhada com centenas de colegas de apartamento: a ideia é encontrar um equilíbrio entre espaço privado e um senso de comunidade. Ele foi projetado para alguém com seus vinte ou trinta anos. Na verdade isso tem toda lógica pois os jovens profissionais que trabalham nos coworkings já estão acostumados a compartilhar espaços. Mas a startup americana WeWork foi além e uniu o co-working e o co-living no mesmo espaço.

Ver o post original 387 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s