Light Steel Frame: a industrialização da construção civil no Brasil


CIVILIZAÇÃO ENGENHEIRA

Por: Letícia Gabriela Silva Barros

Sabe-se que a maior parte das construções civis, no Brasil, são feitas de forma considerada artesanal, ou seja, as partes de concreto e alvenaria, por exemplo, precisam de fôrmas, gabaritos e argamassa, esses insumos dependem da precisão e da habilidade humana durante a execução e consequentemente tendem a serem inferiores comparados com sistemas industrializados onde já está tudo fabricado sob medida. Isso acarreta um grande desperdício de materiais, uma vasta mão de obra e um tempo elevado de produção. Comparando as construções convencionais com construções civis industrializadas, essa última sairia em vantagem, pois envolve o trabalho de máquinas na fabricação e ferramentas na montagem que produzem em um ritmo acelerado e possuem melhor aproveitamento dos materiais.

O Light Steel Frame (LSF) consiste em um sistema industrializado que foca na construção de edificações contendo seu “esqueleto” todo em aço galvanizado leve. No Brasil, a etapa estrutural…

Ver o post original 2.123 mais palavras

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.