A moradia na Alemanha e no Brasil: os exemplos de Freiburg i.B. e Florianópolis/SC



(Adriana G. C. da Silva) – 27 de junho de 2007

Moradia, habitação, casa, domicílio ou espaço doméstico são os nomes dados ao lugar onde o ser humano vive. Este espaço não serve apenas como proteção, por exemplo, contra as turbulências da natureza, do clima, e de animais selvagens, mas também contra o próprio homem.
Estilos de vida, gostos e personalidades moldam as formas, funções e estética das habitações – mas os modos e cultura do morar correspondem também às normas da sociedade, aos materiais à disposição e às fontes culturais.
As transformações das moradias e das edificações remetem assim a transformações da sociedade, dos casais e das famílias, da divisão social do trabalho e relações de dominação, comportamentos sexuais e características de personalidade. Deste modo, Häuβermann e Siebel afirmam que: “através das transformações das plantas baixas das moradias pode-se decifrar as transformações no morar”.

LINK do artigo completo: http://www.vitruvius.com.br/arquitextos/arq000/esp420.asp

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.