Escolas públicas em São Paulo recebem selo de sustentabilidade


(PiniWeb) – 05/10/10

As escolas públicas Bairro Luz e Vila Brasilândia, da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE), receberam a certificação de sustentabilidade AQUA (Alta Qualidade Ambiental), na fase Concepção. Em maio, as escolas já tinham recebido a certificação na fase Programa. A escola Bairro Luz está na fase de fundações, enquanto a escola Vila Brasilândia ainda não foi iniciada, mas já tem empresa contratada para a construção.

As duas escolas, construídas com estrutura de concreto pré-moldado, fechamentos em alvenaria em blocos de concreto e cobertura em telha-sanduíche, com isolamento térmico, tiveram desde o início dos projetos a preocupação com a sustentabilidade. Durante a concepção do projeto, feito em parceria com a Inovatech Engenharia, foram planejados isolamento térmico e acústico, sistemas de captação de água da chuva e sistemas de captação de luz solar, de modo a garantir a sustentabilidade do edifício.

“O Processo AQUA levou a FDE a repensar o projeto de maneira global, com a possibilidade de avaliar o impacto de cada solução sustentável no edifício como um todo”, explica Luiz Henrique Ferreira, diretor da Inovatech Engenharia.

Segundo ele, que também é consultor da FDE em seus projetos sustentáveis, uma das principais mudanças realizadas no projeto inicial feito pela FDE, foi a utilização de brises nas fachadas, aumentando o conforto térmico dentro do edifício.

Ferreira ressalta que as escolas não contarão com climatização artificial: “foram realizados estudos minuciosos para que houvesse um valor de trocas de ar que permitisse o conforto das pessoas na escola sem prejudicar o conforto visual”. Houve também uma mudança no tratamento acústico das escolas, que demandou uma análise mais global dos impactos dos ruídos, tais como a interferência de quadras poliesportivas próximas às salas de aula.

Certificação
O AQUA, atestado pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini, verifica a qualidade ambiental do empreendimento, e é a garantia de que o espaço proporciona conforto ambiental, economiza água e energia, possui disposição ambientalmente adequada de resíduos e tem o menor impacto ambiental em todas as fases da construção.

Na primeira fase (Programa), é elaborado um programa de necessidade, que é enviado aos projetistas como forma de orientar a concepção do plano e os métodos de construção da obra. A segunda fase (Concepção), verificado se as necessidades foram atendidas no projeto, enquanto na terceira fase (Realização), são avaliadas a construção do edifício e a aplicação do que foi definido nas fases anteriores.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.