UTFPR terá escritório modelo sustentável


(Gazeta do Povo) – 09/03/11

Construção será laboratório para estudos sobre a eficiência de projetos sócio-ambientais

Uma estrutura de 150 metros quadrados está sendo erguida no bairro Rebouças, em Curi­tiba – na Avenida Silva Jar­dim, entre a Desembargador Westephalen e a Avenida Mare­chal Floriano Peixoto –, para abrigar o Escri­­tório Verde, um projeto da Uni­­versidade Tec­­nológica Federal do Paraná (UTFPR), resultado de uma iniciativa inédita no estado. A casa, com previsão de finalização das obras na primeira quinzena de abril, será sede do Centro Regional de Integração Expertise de Edu­cação para o Desen­vol­vimento Sustentável (Crie-Curitiba) e uma espécie de laboratório, no qual será possível medir a redução do impacto ambiental de uma edificação comercial, gerada dentro dos princípios de construção sustentável.

O projeto foi concebido e é coordenado pelo designer Eloy Casagrande Júnior, professor do Departamento Acadêmico de Construção Civil da UTFPR, PhD em Inovação Tecnológica e Sustentabilidade. Para viabilizar as obras, a universidade te­ve o apoio de 40 empresas, que doaram tecnologia, equipamentos e mão de obra para instalações.

Perspectiva do Escritório Verde: placas vão captar a energia solar

Casagrande conta que a casa será a primeira empresa júnior interdisciplinar da universidade, na qual estudantes de pós-graduação de diversos cursos formarão uma equipe para aten­­der demandas externas de projetos sócio ambientais. Outro objetivo, aponta Júnior, é mostrar a eficiência da construção sustentável dentro de um ou dois anos. Mas o cálculo a se fazer considera o tempo de vida de um escritório como este, e não o investimento, explica. “Inicialmente, pode-se gastar 20% a mais. Mas o cálculo que queremos fazer é da durabilidade, que pode ser de 30, 40 anos. Com o tempo, vai gerar economia.”

Na prática
Casagrande destaca que 70% da energia da casa será solar. “A geração acontecerá por meio de painéis que convertem a energia do sol em energia elétrica (fotovoltaica)”. A construção prevê, ainda, a instalação de placas para aquecimento da água, com o aproveitamento de gás de geladeira, suficiente para se ter água quen­te para tomar banho, afirma Casa­grande. “A intenção é conseguir alimentar um carro elétrico com a energia solar que será armazenada na casa, em um projeto que tem parceria da Copel e do Lactec (Instituto de Tecno­logia para o Desen­volvimento).”

O Escritório Verde da UTFPR poderá ser visitado pela comunidade em geral, com prévio agendamento. Informações pelo site www.escritorioverdeonline.com.br

Obras
Todos os materiais utilizados na obra são sustentáveis. Confira alguns detalhes:

– Fibras recicladas: Piso elevado em plástico reciclado, com acabamento de carpete de fibras também recicladas.
– Madeira plástica: Deque externo de madeira plástica (50% serragem e 50% plástico).
– Garrafa pet: Painel com lã de garrafa pet reciclada, que permite isolamento térmico, e manta de pneu reciclado, para isolamento acústico.
– Led: Lâmpadas de led para auxiliar na economia de energia.
– Luz natural: Tubos de luz com prismas para espalhar iluminação natural pelo ambiente.
– Plantas nativas: Móveis de madeiras de reflorestamento certificadas; paisagismo com plantas nativas e áreas de drenagem.
– Cobertura: Telhado verde, que possibilita conforto térmico e é capaz de absorver gás carbônico e água da chuva, que será aproveitada para outros fins, como limpeza.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.