Valor das construtoras na Bovespa teve queda de 42,9% desde 2009, diz Economatica


(Construção Mercado) – 29/07/14

Levantamento mostra que as 19 empresas listadas na bolsa desvalorizaram R$ 20,2 bilhões entre dezembro de 2009 e julho deste ano

O valor de mercado de empresas do setor de construção negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&F Bovespa) caiu R$ 20,2 bilhões desde dezembro de 2009 até julho deste ano, segundo levantamento divulgado na última segunda-feira (28) pela consultoria Economatica.

O valor de mercado das 19 empresas analisadas em dezembro de 2009 era de R$ 47,31 bilhões contra R$ 27,01 bilhões em julho de 2014, representando queda de R$ 20,29 bilhões ou 42,9%. O maior aumento no valor das empresas em fechamentos anuais foi no ano de 2010, com R$ 55,1 bilhões. Do pico da valorização até o dia 25 de julho de 2014, a queda foi de R$ 28,15 bilhões.

Das 19 empresas, apenas seis tiveram aumento do valor de mercado e quatro registraram aumento na valorização das ações. As ações na Bolsa das construtoras Eztec, Helbor, JHSF Part e Direcional tiveram aumento no período analisado, sendo que a Eztec registrou o maior aumento, com variação positiva de 212,59%. Ainda segundo o levantamento, a empresa Viver teve a maior queda percentual no seu valor de mercado, de 92,69%, entre 2009 e 2014.

Veja os dados abaixo.

g432219

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s