Caixa lança licitação para 50 agências sustentáveis


(Valor Econômico) – 30/09/15

Construções com apelo sustentável, inauguradas há pouco mais de um ano, já mostram resultados positivos. A lista inclui uma agência bancária em Minas Gerais, que inspirou uma licitação para 50 outros pontos, e um condomínio de moradia popular em Juazeiro (BA). Em Salvador, a prefeitura criou o IPTU Verde, que concede descontos prediais de até 10% para quem adotar práticas como aproveitamento da água da chuva ou economia de energia em imóveis existentes ou em construção.

A Caixa lança, este ano, uma licitação para a construção de 50 agências bancárias sustentáveis. Nesse conceito, a unidade precisa gerar, por meio de placas solares, toda a energia que consome, diz Jean Rodrigues Benevides, gerente nacional da área de sustentabilidade da instituição. A ideia é replicar o modelo de agência que a instituição financeira implantou, no final do ano passado, no município de Vazante (MG). Segundo o banco, é o primeiro prédio comercial do país a ser 100% sustentável na geração de força elétrica.

A agência mineira gera energia por meio de 276 painéis fotovoltaicos que ocupam 550 metros quadrados de área no telhado. Entregam de 80 kW (quilowatts) a 115 MWh (megawatt-hora) ao ano. A produção no local, durante um mês, é equivalente ao consumo elétrico de 95 casas populares e trará, segundo a Caixa, uma economia de R$ 51 mil anuais. “O projeto consumiu R$ 523 mil em investimentos”, diz Rodrigues. “O prédio vai gerar sua própria força e o excedente será levado para a rede pública”.

O local tem área de 650 metros quadrados e o projeto contou com parceria da Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ, da sigla em alemão). O payback (pagamento do investimento) será feito em até oito anos. O sistema tem vida útil de 25 anos.

A Caixa também oferece financiamento para a compra de sistemas de aquecimento de água via energia solar pela Construcard, linha de aquisição de materiais de construção. As taxas variam de 1,7% a 2,4%, mais Taxa Referencial (TR), ao mês. Segundo Benevides, uma casa de até 3,5 pessoas, com aquecedor de água solar, gasta R$ 53,60 de energia, mensalmente. Sem o recurso, o valor da conta sobe para R$ 77.

Em Juazeiro, a 512 quilômetros de Salvador, uma parceria entre a empresa carioca Brasil Solair e o Fundo Socioambiental da Caixa, com investimentos de R$ 6 milhões em recursos não reembolsáveis, deu origem a uma microusina de energia solar que beneficia mil famílias de dois condomínios populares.

A Brasil Solair criou o projeto, treinou mão de obra local e supervisionou a implantação do sistema, conectado à rede da distribuidora baiana Coelba e regulamentado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Em março, a prefeitura de Salvador lançou o IPTU Verde, que concede descontos de 5% a 10% para edificações que adotem ações sustentáveis. André Fraga, titular da secretaria Cidade Sustentável do município, explica que o benefício cobre 63 iniciativas, como redução no consumo de água, descarga com duplo comando ou aproveitamento de águas da chuva. “Queremos incentivar novas condutas de preservação ambiental”, diz. Podem receber o benefício proprietários residenciais e comerciais, construções com certificações internacionais de sustentabilidade, além de terrenos declarados como não edificáveis que estejam em Áreas de Proteção Ambiental (APAs).

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s