Calçadas ainda são gargalos na mobilidade do país


Adamy Empreendimentos

Sem fiscalização, os passeios  quando existem  são geralmente inóspitos ao pedestre

  • Raphael Marchiori
Se por um lado diversos municípios estão adotando políticas de priorização do transporte coletivo em detrimento do individual, por outro as calçadas continuam negligenciadas na maioria deles. Isso ocorre principalmente nas periferias das grandes cidades. Diversas legislações municipais, como a de Curitiba, colocam o proprietário do imóvel como responsável pela implantação e manutenção dos passeios públicos. Mas, sem fiscalização, esses espaços – quando existem – são geralmente inóspitos ao pedestre.

Para Lincoln Paiva, do Instituto Mobilidade Verde, esse problema somente se resolverá quando o município tomar para si essa responsabilidade. “O Código Brasileiro de Trânsito já atribui ao município a responsabilidade pelas vias. E a calçada faz parte delas. O problema é que municipalidade costuma olhar para o sistema apenas para os carros”, critica.A prefeitura de São Paulo anunciou em 2008 um plano para que ela própria…

Ver o post original 229 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s