Conheça 4 startups que estão revolucionando o mercado da construção civil


(Startse) 23/02/2018

No primeiro painel de startups do ConstruTech Conference, Saulo Suassuna, fundador e CEO da Molegolar, Caio Bonatto, CEO da Tec Verde, Rafael Pais, CEO da Decorati, e Paulo Deitos, co-fundador e CEO do URBE.ME, apresentaram suas soluções inovadoras para mais de 1000 pessoas ligadas ao setor da construção civil. Conheça melhor cada uma abaixo:

MOLEGOLAR

https://startse.com/in/molegolar

A Molegolar é uma startup que permite a formação de plantas arquitetônicas que se adaptam às necessidades dos clientes por meio da combinação de módulos de vários tamanhos. Ou seja, a tecnologia desenvolvida pela startup permite aumentar e diminuir a planta de acordo com as fases da vida do cliente.

Com isso, o construtor é capaz de atender todas as diferentes demandas do mercado, com riscos diminuídos e mais velocidades de vendas.

De acordo com Saulo Suassuna, a tecnologia desenvolvida pela empresa muda tanto a forma de projetar os empreendimentos quando a concepção do que é projetar. “Além disso, a inteligência artificial da Molegolar aumenta a produtividade e torna o negócio mais escalável”, diz.

TECVERDE

http://www.tecverde.com.br/

A TecVerde é uma startup de engenharia civil que trouxe para o Brasil os conceitos de tecnologia mais avançados do mundo para tornar as construções mais eficientes. “A empresa nasceu com o sonho de tornar o setor de construção civil mais industrializado e sustentável”, conta Caio Bonatto.

Atualmente, a startup conta com uma linha de produção totalmente automatizada que permite aumentar a produtividade, diminuir custos, reduzir 85% dos resíduos em obras e economizar cerca de 90% em recursos hídricos.

“Nossa fábrica é considerada a mais automatizada da América Latina. Nós conseguimos montar um prédio em sete dias com apenas 4 operários porque todas as partes do apartamento, como janelas e instalações elétricas, já vêm prontas de fábrica”, diz Caio.

DECORATI

https://startse.com/in/decorati

A Decorati é uma startup especializada em reforma de apartamentos recém entregues pela construtora. “O Brasil não valoriza o arquiteto e o engenheiro na hora de uma reforma, e a Decorati vem para mudar isso. Hoje, a gente já conseguiu fazer com que muitos arquitetos que não estavam no mercado de trabalho tenham mais portfólio do que arquitetos com mais de dez anos de carreira”, conta Rafael Pais.

A startup faz desde o projeto inicial até a execução de toda obra e móveis sob medida por meio de um contrato único. Além disso, buscando trabalhar a praticidade e melhorar o gerenciamento da obra, a Decorati disponibiliza um relatório diário online durante a execução do seu projeto.

Atualmente, a startup possui mais de 160 clientes cadastrados em sua plataforma online e movimentou mais de 10 milhões de reais até o final de 2017.

URBE.ME

https://startse.com/in/urbeme

O investimento no mercado imobiliário é uma das melhores formas de rentabilizar o patrimônio e pode ser feito de diversas formas. O problema é: os maiores lucros desse setor ficam restrito a investidores com altos volumes de capital.

Pensando em quebrar esse paradigma, nasceu o URBE.ME, o primeiro site de crowdfunding imobiliário do Brasil. Com a plataforma, investidores podem investir em empreendimentos imobiliários de alto valor a partir de R$ 1 mil de forma completamente online, sem intermediário e com menos burocracia. “Com o URBE.ME, o investidor se torna uma espécie de sócio do empreendimento, só que sem a burocracia e os riscos de um sócio comum”, diz Paulo Deitos.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.