Fibra se reorganiza e estrutura projetos no setor imobiliário


(Valor Econômico) – 24/03/2009

Kenworthy, presidente: “Estava difícil começar uma operação no meio da euforia. Agora, o mercado está mais racional”

Em mais de 50 anos de vida, o grupo Vicunha acumulou um patrimônio imobiliário considerável – valiosos terrenos nos arredores de São Paulo e cidades do interior paulista que somam cerca de 9 milhões de metros quadrados e um potencial construtivo de mais de R$ 1 bilhão. Ativos que viraram matéria-prima para uma nova empresa do grupo, a Fibra Experts. Nascida como um braço imobiliário do Banco Fibra, há um ano a empresa está montando equipe com profissionais egressos do setor e estruturando novos projetos.

Com o peso do sobrenome Steinbruch e uma gorda carteira de terrenos, a Fibra Experts pretende atuar nas áreas residencial, comercial e loteamentos – boa parte dos terrenos usados para esse fim, em cidades como Americana, Bragança Paulista, Itatiba, vieram do patrimônio do grupo Vicunha. Para gerir a empresa, a família Steinbruch escolheu Fernando Kenworthy, que trabalhou durante 15 anos na Rossi e cuidou da área residencial da Tishman no Brasil.

O desafio é engrenar uma operação embrionária em tempos de aperto de crédito, falta de liquidez e desaceleração do mercado imobiliário. “Ficou mais difícil conseguir financiamento, mas só lançamos um projeto com a estrutura financeira equacionada”, afirma o Kenworthy, em sua primeira entrevista à frente da Fibra. “O lado bom é que estava difícil começar uma operação no meio da euforia. Agora, o mercado está mais racional.”

A empresa, que havia fechado um negócio importante antes da crise, conseguiu manter um parceiro – hoje muito mais seletivo – ao seu lado. O fundo de private equity Carlyle, com ativos globais de mais de US$ 75 bilhões, é investidor majoritário, com mais de 80%, do que será o maior empreendimento comercial da Fibra, no coração do Rio de Janeiro. A Fibra Experts desenvolveu o projeto e irá gerenciar as obras, que ficam sob responsabilidade da Gafisa e começam esta semana.

Eduardo Machado, atual responsável pela área imobiliária do Carlyle no Brasil, foi quem iniciou a operação imobiliária do Fibra, ainda como um braço imobiliário do banco.

Segundo Kenworthy, a companhia já está envolvida em cerca de 20 projetos, que teriam um potencial construtivo, o chamado VGV (valor geral de vendas) estimado em R$ 3 bilhões. A ideia não é concorrer diretamente com as grandes, mas desenvolver projeto a projeto e contar com a parceria de investidores. A Fibra experts tampouco seguirá o modelo de empresas que focam na renda de aluguéis do portfólio, como a São Carlos, que nasceu dos ativos imobiliários da Lojas Americanas. “O objetivo é incorporar e vender os negócios depois da maturação”, diz o presidente. “Nos comerciais, poderemos ter esse modelo, mas não é a regra”, define.

No ano passado, a companhia – que ainda levava o nome de Fibra Realty – lançou R$ 120 milhões em projetos, a maioria em parceria com outras empresas. A área residencial é o principal negócio: responde por 45% dos projetos, a comercial por 20% e os loteamentos, 35%. Os loteamentos serão usados para projetos industriais e residenciais.

Nos residenciais, a ideia é criar infraestrutura nos terrenos e construir casas e prédios populares, justamente o modelo beneficiado pelos subsídios do governo federal no pacote habitacional. Mesmo em terrenos menores, fora dos loteamentos, a prioridade na área residencial – a exemplo de todo o mercado – é priorizar o segmento econômico.

Ainda neste semestre, a Fibra espera lançar um empreendimento em Maracanaú, próximo a Fortaleza (CE), com apartamentos e casas com valores entre R$ 70 mil e R$ 90 mil. Também prepara dois lançamentos econômicos na cidade de Americana.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.