Porta a porta na casa própria


(Terra on line, por Cristiane Campos) 7/10/2010

Clientes fiéis da DeMillus poderão realizar também o sonho da casa própria. Em uma ação inédita no País, a Rossi Residencial e a empresa líder na venda lingeries se uniram para facilitar ainda mais a compra do imóvel. A clientela das revendedoras da DeMillus, que é visitada porta a porta, receberá um catálogo de ofertas de empreendimentos da construtora no Rio, que totalizam 1 mil unidades. A ideia da empresa levar a ação para todo o País.

Segundo o diretor de Vendas da Rossi, Klaus Monteiro, a revendedora que indicar um cliente e levá-lo até a loja da construtora no Calçadão de Campo Grande vai receber um vale de R$ 10 para trocar por mercadorias. “Se a venda se concretizar, a profissional vai receber mais R$ 500 em produtos. Temos empreendimentos para todas as faixas de renda. O nosso foco são os imóveis do segmento econômico, que variam de R$ 130 mil a R$ 250 mil”, explica.

O exército de revendedoras da DeMillus tem 400 mil mulheres no País. No Rio, são 135 mil revendedoras, sendo 40 mil ativas.

EQUIPE NÃO PODE VENDER

A equipe não pode vender o imóvel porque não são corretoras, como prevê a lei. Por isso, elas apenas vão apresentar o catálogo para suas clientes e encaminhá-las a Rossi Vendas — braço imobiliário da construtora.

Para a vice-presidente da DeMillus, Eva Goldman, as próprias revendedoras podem ser potenciais clientes para compra do imóvel. Se isso acontecer,elas também vão ganhar desconto especial para a aquisição da moradia.

Um comentário sobre “Porta a porta na casa própria

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.