Setor da construção vê acesso ao crédito difícil


(Gazeta do Povo) – 28/07/11

As condições de acesso ao crédito continuaram difíceis no mês de junho, na avaliação das empresas da construção civil, segundo sondagem realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta manhã. O indicador se manteve em 48,8 pontos no segundo trimestre, abaixo da linha dos 50 pontos – que indica expectativa negativa. Essa percepção se deve principalmente às medidas adotadas pelo governo para controle da inflação, segundo o gerente-executivo da Unidade de Pesquisa da CNI, Renato da Fonseca.

Entre os principais problemas da indústria, o alto custo da mão de obra já ocupa a terceira posição na avaliação das empresas consultadas, perdendo apenas para a elevada carga tributária e a falta do trabalhador qualificado. “A falta de trabalhadores já está apresentando um impacto direto na alta nos custos. É uma simples questão de oferta e demanda”, aponta Fonseca.

Segundo ele, o setor mostra clara recuperação, mas não deve atingir os mesmos níveis vistos em 2010. “Temos a retomada das obras de infraestrutura, que foram praticamente paralisadas nos primeiros três meses do ano, mas não há uma conjunção de tantos fatores favoráveis como a que se observou no ano passado”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s