Entre o salão de festas e a cozinha de casa


(Gazeta do Povo) – 01/03/09

Os espaços gourmet dos novos condomínios são uma extensão da área social dos apartamentos, feitos para receber grupos pequenos de uma forma intimista e prática

Receber um grupo de amigos em casa para uma reuniãozinha pode ser complicado nos apartamentos compactos de hoje. Oito ou dez pessoas pode ser um número significativo quando se tem um imóvel de até 50 metros quadrados. Da mesma forma, mesmo em apartamentos e casas maiores, pequenas chateações como pratos e copos insuficientes e quem vai lavar a louça mais tarde podem ser evitadas se o condomínio for da “nova safra” curitibana.

Assim como a área de recreação das crianças, que ganhou espaços agregados como uma brinquedoteca, o atual comportamento dos adultos, cada vez mais interessados pela arte de cozinhar, também resultou em novos ambientes, como o chamado espaço gourmet.

Entre o salão de festas e a cozinha de casa, o lugar é planejado para receber um grupo pequeno, porém significativo de pessoas, com uma cozinha bem equipada, uma decoração funcional e acolhedora e, principalmente, com o serviço do “depois” deixado para a equipe de limpeza do condomínio. “É um espaço que tem uma frequência de uso bem maior que o salão de festas, destinado para reuniões maiores. Alguns desses ambientes têm até adega onde cada morador tem um espaço com chave para deixar seus vinhos. São realmente uma extensão da casa do condômino”, diz o arquiteto Frederico Cartens, responsável pelo projeto do Porto Venere, empreendimento da construtora Hugo Peretti, que tem na área de lazer um espaço gourmet.

Para a diretora de engenharia da Doria Construções, Mayra Doria Mattana, de todos as opções de lazer dos condomínios-clube a que parece agradar mais os moradores é o espaço gourmet. “Esse ambiente já existe há uns quatro anos nos nossos empreendimentos e veio da tendência da cozinha americana nos apartamentos, mais informal e integrada com a sala, que passou também para o antigo salão de festas.”

O diretor de incorporações da Invespark, empresa que aposta em condomínios de apartamentos compactos (entre 30 e 50 metros quadrados), Eduardo Garcia Quiza, diz que uma área comum diversificada é muito importante para complementar esse tipo de imóvel, ocupado pelo público single de todas as idades. “O ambiente é uma parte da pequena sala de estar desse morador que irá usá-lo bastante, assim como já faz com a churrasqueira nos fins de semana.”

Tendências

Em termos de decoração, o espaço gourmet segue as tendências globais para ambientes sociais e cozinha e, é claro, a temática e o padrão de cada empreendimento. A entrega já montada poupa desentendimentos entre moradores para escolher móveis e equipamentos. A farmacêutica Luciana Paduanelo Ferrarese, condômina do edifício Porto Venere, que o diga. “O apartamento em que morava antes também foi comprado novo, mas a área comum foi entregue vazia. Resultado: nos quatro anos em que vivi lá o salão de festas nunca foi equipado por falta de tempo e consenso entre os moradores”. Ela conta que o espaço gourmet do Porto Venere, que tem 38 apartamentos, é disputado. “Em dezembro, época tradicional de festas, houve até fila.”

Um ambiente como esse em condomínio é também um pequeno desafio a arquitetos e designers que precisam criar um espaço que agrade a todos, independentemente da idade. No caso do condomínio da construtora Doria, London Place, no Juvevê, a inspiração das arquitetas Anna Sylvia Pires e Patrícia Czerveny Teixeira foram os pubs ingleses. “Nesse sentido a primeira medida foi tirar partido da iluminação indireta e agradável desses lugares. Dentro da temática criamos três pendentes sobre o bar com cenas do cotidiano de Londres e utilizamos madeira escura, no padrão imbuia, com alguns detalhes ebanizados (tom próximo do preto), que também facilitam toda a questão de limpeza e manutenção do espaço”, explica Anna.

As luminárias e um painel de madeira, com uma composição de mármore marrom imperial, são os elementos de destaque do projeto. Para clarear o modelo noturno dos pubs, uma das paredes ganhou um tom de verde. “Outro detalhe importante foi o balcão com duas alturas que, próximo da churrasqueira, esconde a área da bagunça do preparo dos alimentos dos convidados sentados nas mesas, ao mesmo tempo em que faz do lado de fora do móvel um pequeno barzinho”. Para facilitar a limpeza do espaço, as arquitetas optaram também por um rodapé largo, em granito ocre itabira, abrigando toda a bancada de trabalho.

Uma das moradoras do condomínio, Bianca Muniz Kuhn, já está planejando reunir os amigos no espaço. “É super prático porque a gente não precisa se preocupar com louça, utensílios ou ainda com ter de limpar tudo depois.”

Já no Porto Venere a ordem foi seguir o público-alvo do empreendimento: casais jovens, com ou sem filhos. “Foi criado um espaço neutro e informal, mas aconchegante e bem equipado, com cooktop (fogão de mesa) e forno para pizza”, descreve a arquiteta responsável pela decoração do espaço gourmet, Melissa Negrelle. Os móveis seguiram uma padronagem escura e a louça foi personalizada, com o logo do condomínio.

A iluminação do ambiente permite duas combinações, uma bem funcional, para as reuniões em família, e outra mais discreta e aconchegante, com pontos indiretos. “A arquitetura bem aberta do prédio, com partes envidraçadas e a integração do ambiente com uma parte externa com jardim, permite criar um tipo de lounge anexo quando necessário.”

Clube não só no nome

Piscina, quadras esportivas, salões de festas. Espaços que fazem dos condomínios verdadeiros resorts, mas de que nada adiantam sem a companhia da família e dos amigos e do cuidado dos moradores. Foi pensando nisso que um futuro morador do edifício Belvedere, da Plaenge, o consultor em Comércio Exterior, Marcelo Colonbelli, começou a fazer amigos antes mesmo do prédio ficar pronto. “Encontrei um outro comprador visitando o apartamento decorado, batemos um papo e a ideia de fazer um clube de tênis para aproveitar a quadra do empreendimento acabou surgindo. A ideia é usar também o espaço gourmet para as confraternizações do grupo”, conta Colonbelli, que comprou um dos 24 apartamentos em março de 2007, ainda na planta e, de lá para cá, já reuniu seis vizinhos no grupo.

“Antes de comprar esse imóvel pesquisei por dois anos. Em prédios prontos checava as atas de reunião de condomínio e sondava o relacionamento dos moradores. Para mim, isso é fundamental, afinal é um investimento grande em um patrimônio que pode ser depredado se não haver diálogo”. Além do espaço gourmet, o Belvedere tem churrasqueira com forno de pizza e salão de festas.

Funcionalidade é a palavra-chave

Ao lado da piscina, do jardim, do hall. Não há regras para a escolha do lugar do espaço gourmet dentro da área comum do condomínio. Já na construção do ambiente, sim.

Normalmente pode-se encontrar três divisões virtuais no espaço totalmente integrado e aberto: a do servir, onde ficam as mesas com convidados e, às vezes, também uma área para buffet; o bar, que também pode ser usado para servir e degustar com a companhia de um número bem pequeno de amigos; e a cozinha, que na sua montagem considera todo um espaço, disposição de equipamentos e um fluxo de trabalho próprio. “Em todo esse pensamento prático do projeto temos de considerar o fluxo de trabalho de quem está cozinhando, de onde sai e para onde vai, para fazer determinada tarefa, avaliando qual eletrodoméstico tem de estar naquele lugar e qual o espaço de movimentação necessário para isso”, detalha a arquiteta Melissa Negrelle.

Em resumo, a cozinha ficará confortável e prática de se trabalhar. Se o usuário encontrar tudo perto, fácil de achar e usar, em alguns casos até com ares de uma cozinha profissional, é porque o espaço foi bem planejado.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.